Projeto

UNorteX – Universidade do Norte Extension School

O projeto UNorteX.pt pretende apostar no desenvolvimento de uma estrutura de gestão e implementação de cursos a distância no âmbito do consórcio UNorte.pt, envolvendo infraestrutura, equipamento e desenvolvimento de uma estratégia de articulação da oferta educativa das instituições envolvidas.
Pretende-se reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação na região de intervenção: Norte de Portugal.

Entidades beneficiárias: Universidade do Porto, Universidade do Minho e Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Esta operação pretende dotar o consórcio da infraestrutura necessária, sendo os objetivos específicos da operação os seguintes:

– Desenvolvimento de uma infraestrutura comum para a educação a distância, que permita a produção e oferta de MOOCs (Massive Open Online Courses) e outros modelos de formação oferecidos em regime de e-learning e b-learning;
– Desenvolvimento de regras comuns para a creditação interinstitucional de MOOCs e outros cursos de educação a distância;
– Contribuição para a modernização tecnológica e pedagógica na área da educação a distância, tanto nos cursos conferentes de grau, como na educação contínua;
– Aumento do acesso a formação a novos públicos, seja ao nível da formação pós-graduada conferente de grau, como ao nível da formação ao longo da vida;
– Facilitar a expansão da oferta formativa das instituições do consórcio U.Norte.pt nos países de língua portuguesa;
– Assegurar a coordenação de esforços para a criação de uma oferta formativa partilhada;
– Desmaterializar o processo de formação, avaliação e certificação.

Data: 2017 - 2020
Promotor: Universidade do Porto
Projeto

Skills4Smartex – Smart textiles for STEM Training

O projeto “Skills4Smartex” é um projeto com o objetivo principal de melhorar o conhecimento, as competências e a empregabilidade dos alunos de Formação Profissional nos campos relacionados com as STEM (Ciências, Tecnologias, Engenharias, Matemática), fornecendo instrumentos de formação adequados para compreender o trabalho multidisciplinar através de têxteis inteligentes.
Um dos outputs deste projeto transnacional será um curso b-learning sobre Têxteis Inteligentes, estimulando o pensamento multidisciplinar.

Projeto financiado ao abrigo do programa Erasmus+.

Parceria:
INCDTP (Bucareste, Roménia) – coordenação
TecMinho (Portugal)
Universidade de Ghent (Bélgica)
Universidade de Maribor (Eslovénia)
Universidade Técnica “Gh. Asachi” (Iasi, Roménia)
TZU – The Textile Testing Institute (Brno – República Checa)

Data: 2018 - 2020
Promotor: INCDTP
Quem é quem

Mariana Barros

Mestre em Ciências Educação com Especialização em Educação e Formação de Adultos pela Universidade de Coimbra, Mariana Barros é formadora nos cursos de Especialização EaD (E-Learning) em Organização e Gestão da Formação, em Gestão de Recursos Humanos e coordenadora dos cursos de Formação pedagógica inicial de Formadores, homologados pelo IEFP. Faz parte da Equipa de coordenação e gestão dos cursos homologados pela ACT. Atualmente, desempenha funções de Coordenadora da Formação na Twofold – Academia de Formação.

Categorias: Formador, Perito
Entidade: Twofold - Academia de Formação
Quem é quem

Joana A. P. Fernandes da Costa

Joana Costa é licenciada em Educação, pré-especialização em Educação de Adultos e Intervenção Comunitária, possui o grau de Mestre em Educação com Especialização em Educação de Adultos e é pós-graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade do Minho. Foi autora de um dos primeiros estudos sobre o impacto do processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências na vida dos adultos certificados. Atualmente desempenha funções de Gestora da Formação , Coordenadora Científica e E-Formadora na Twofold – Academia de Formação.

Categorias: Formador, Perito
Entidade: Twofold - Academia de Formação
Projeto

Inclusive Tourism

O projeto internacional “Inclusive Tourism – Turismo Inclusivo” visa apoiar a inserção profissional de pessoas com deficiência no âmbito do Turismo Acessível e Inclusivo (setor do Turismo). O principal objetivo é o desenvolvimento de ferramentas formativas inovadoras para aumentar as competências das Pessoas com Deficiência, dos formadores e técnicos que com elas trabalham e dos profissionais do setor do Turismo como forma de melhorar a empregabilidade das Pessoas com Deficiência no contexto do Turismo Inclusivo.

Os materiais formativos produzidos serão traduzidos para 4 línguas diferentes: Português, Espanhol, Esloveno e Inglês e serão alojados numa plataforma aberta e acessível à comunidade em geral, com um curso online.

Projeto financiado com o apoio da Comissão Europeia, no âmbito do Programa Erasmus +.

Parceria:
– Câmara do Comércio de Valência (Espanha)
– AMICA (Espanha)
– CUDV Draga (Eslovénia)
– CPU (Eslovénia)
– PERFIL (Portugal)
– CERCIGUI (Portugal)

Data: 2017 - 2019
Promotor: Câmara do Comércio de Valência
Repositório

Blended learning

In recent years, the training initiatives in blended learning increased enormously as a result of the different demands to integrate the Information and Communication Technologies (ICT) in educational systems. In Higher Education, the blend approach is highly pursued because of its unique flexibility that allows the teacher to propose, in every situation, more advantageous train- ing solutions for their students, contrary to mandatory classroom in Basic and Secondary schools. It seems that the blended learning approach, a concept often bordering others such as e-learning, distance education, online learning or open learning, allows you to get the best of both worlds, the face-to-face and the virtual, and be an alternative to the traditional classroom teaching models and to enhance the new forms of electronic learning environments that use only the virtual and the distance. The blended learning approach seems to have the advantages of some of the concepts described, as the flexibility to determine their own pace of learning, and removes the greater disadvantage which is the lack of human contact with colleagues and teacher.

Ano: 2015
Autor(es): José Alberto Lencastre, Clara Pereira Coutinho
Editora: IGI Global
Quem é quem

Célio Gonçalo Marques

Célio Gonçalo Marques é Professor da Unidade Departamental de Tecnologias de Informação e Comunicação do Instituto Politécnico de Tomar, exercendo também as funções de Presidente do Conselho Técnico-Científico da Escola Superior de Gestão e de Vice-Director do Centro de eLearning do Instituto Politécnico de Tomar. Possui licenciatura em Informática e Gestão, mestrado em Comunicação Educacional Multimédia, pós-graduação em Técnicas e Contextos de e-Learning e doutoramento em Ciências da Educação, área de Tecnologia Educativa. Colaborou com o Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (Universidade de Lisboa) e com a Universidade Lusíada de Lisboa na lecionação de várias unidades curriculares de mestrado, tendo também sido convidado para lecionar no Instituto Superior de Educação da Universidade de Cabo Verde. Esteve envolvido em projetos relacionados com a informática na educação e prestou consultoria informática a várias empresas. Em termos internacionais esteve em missões de ensino na Universidade de Yasar (Izmir, Turquia), na Universidade de Vilnius (Vilnius, Lituânia) e na Universidade de Ciências Aplicadas Eszterházy Károly (Eger, Hungria) e é membro do comité editorial de várias revistas, entre elas, Electronic Learning, Information and Communication: Theory and Practice. É autor de diversas publicações nacionais e internacionais, entre elas, o livro “Os Hipermédia no Ensino Superior” e tem estado na organização de vários eventos científicos e técnicos, entre eles, o “Encontro sobre Jogos e Mobile Learning” (Universidade de Coimbra, 2012 e 2014) e o “Encontro sobre Web 2.0” (Universidade do Minho, 2008) do qual resultou o livro “Manual de Ferramentas da Web 2.0 para Professores” editado pelo Ministério da Educação. É também investigador do Centro de Administração e Políticas Públicas da Universidade de Lisboa e colaborador do Centro de Investigação em Educação da Universidade do Minho.

Curriculum Vitae: http://www.degois.pt/visualizador/curriculum.jsp?key=9617437441412951
Categorias: Consultor, Formador, Professor
Entidade: Instituto Politécnico de Tomar
Projeto

Inovação Pedagógica no Ensino Superior: e-Learning e Tecnologias Digitais

O projeto “Inovação Pedagógica no Ensino Superior: E-learning e tecnologias digitais” é desenvolvido pela Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Educação e Formação do Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. O projeto pretende identificar, divulgar e promover práticas inovadoras no domínio da utilização das tecnologias no ensino e e-learning na Universidade de Lisboa (ULisboa) e no ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL).
Pretende-se  apresentar atividades desenvolvidas no contexto de sala de aula presencial potencializadas pela utilização de aplicações, ambientes e ferramentas online no trabalho desenvolvido com estudantes, e partilhar experiências de desenvolvimento de oferta formativa totalmente a distância ou blended-learning em diferentes áreas científicas.

O O projeto é financiado pela FCT no âmbito do Programa “Partilha e Divulgação de Experiências em Inovação Didática no Ensino Superior Português”.

Data: 2014 - 2015
Promotor: Unidade de Investigação e Desenvolvimento em Educação e Formação - Instituto de Educação da Universidade de Lisboa
Projeto

GAIN TIME

O projeto GAIN TIME pretende desenvolver competências pedagógicas e profissionais entre professores e formadores, reforçando a captação das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) no ensino e aprendizagem, através do apoio à aprendizagem e o acesso a Recursos Educacionais Abertos (REA) nos campos de educação e formação, com o objetivo de combinar níveis mais elevados de excelência e atratividade com o aumento de oportunidades para todos. O projeto GAIN TIME pretende criar ferramentas para o desenvolvimento profissional de professores utilizando as TIC, muito eficaz para a gestão das aulas criativas.

Pretende-se ajudar professores a reforçar o seu perfil profissional, e melhorar a captação de jovens, principalmente os que estão em risco de abandonar precocemente a escola e com poucas competências básicas, desenvolvendo uma metodologia especialmente focada no uso das TIC. Os objetivos serão alcançados pelo desenvolvimento de um estudo científico sobre as aulas criativas, um manual e um Curso Online Aberto focada na abordagem “flipped classroom”.

O projeto é co-financiado pelo Programa Erasmus+, KA1.
Entidade parceria portuguesa: Instituto Politécnico do Porto.

Data: 2014 - 2016
Promotor: CECE - Confederación Española de Centros de Enseñanza
Quem é quem

Francisco Sousa

Professor Auxiliar do Departamento de Ciências da Educação da Universidade dos Açores. Coordenador da pós-graduação em e-learning na Universidade dos Açores. Investigador do CIEC – Centro de Investigação em Estudos da Criança. Co-convenor da rede 3 (Curriculum Innovation) da EERA (European Educational Research Association).

Curriculum DeGóis

Categorias: Professor
Entidade: Universidade dos Açores