Projeto

Le@d3.0 Academy

O projeto visa criar bases para uma cooperação de longo prazo entre a Academia e as Empresas constituindo-se como uma plataforma de aprendizagem virtual e uma academia internacional para formadores (das Universidades, Business Schools & Empresas) que trabalhem no desenvolvimento das competências transversais do e-líder.

A parceria conta ainda com a participação de Universidades – Coventry University e Münster University of Applied Sciences; grandes empresas – Grupo Auchan e Unicredit Group; Business schools – Fondazione ISTUD e OIC Poland Foundation; redes internacionais de Educação Executiva – EFMD – European Foundation for Management & Development -; e Pequenas e Médias Empresas – Gruppo Pragma e Advancis Business Services (Portugal).

O projeto é co-financiado pelo Programa Erasmus+.
Entidade parceria portuguesa: Advancis Business Services.

Data: 2015 - 2015
Promotor: Fondazione ISTUD
Repositório

Wiki as a tool for microbiology teaching, learning and assessment.

Evidence suggests that cooperative learning and peer-assessment fosters students’ ability to work with others and may lead to better cognitive outcomes and higher achievement. This work aimed to assess the use of an online collaborative tool for the teaching/learning and assessment of Microbiology.

Ano: 2013
Autor(es): Benedita Sampaio-Maia, JS Maia, Susana Leitão, Margarida Amaral, Pedro Vieira-Marques
Editora: European Journal of Dental Education
Repositório

Dimensões pedagógicas da sala de aula virtual: teoria e prática

Este artigo aborda a sala de aula virtual enquanto espaço intencionalmente concebido com o objetivo de promover experiências de aprendizagem relevantes. Centramo-nos nas dimensões pedagógicas integradas e mobilizadas neste espaço, nomeadamente informativa, prática, comunicativa, tutorial e de avaliação, de forma a estabelecer um diálogo entre a teoria e a prática de um docente do ensino superior. Os dados apresentados foram obtidos através da observação direta da organização de salas de aula virtuais e da entrevista ao respetivo docente.

A análise destes dados permitem-nos afirmar que o professor atribuiu uma importância significativa às dimensões em questão, preocupando-se em criar um ambiente online estimulante com diferentes recursos (tecnológicos), privilegiando um design centrado no desenvolvimento de competências (com atividades individuais e em grupo) e num modelo pedagógico próprio para ambientes online – e-moderating – baseado nos princípios do construtivismo, da autonomia e da interação.

Ano: 2013
Autor(es): Ana P. Rodrigues, Angélica Monteiro, J. A. Moreira
Editora: Centro de Inovação e Estudo de Pedagogia no Ensino Superior- Instituto Politécnico de Coimbra
Projeto

TEACAMP – Teacher Virtual Campus: Research, Practice, Apply

Com este projeto pretendeu-se aumentar a mobilidade virtual entre os docentes, ao facilitar o desenvolvimento, gestão e implementação da pesquisa virtual sobre as experiências e peculiaridades da mobilidade virtual, a preparação de um módulo de estudo interuniversitário dirigido ao desenvolvimento de competências de mobilidade virtual dos participantes.

A finalidade da investigação foi mostrar que a mobilidade virtual deve ser uma atividade de aprendizagem comunicativa e colaborativa dos alunos e um alinhamento mútuo de componentes educacionais entre professores e instituições de ensino superior, a fim de enriquecer ou substituir a mobilidade física e promover o Processo de Bolonha no Espaço Europeu de Ensino Superior.

Projeto financiado com o apoio da Comissão Europeia no âmbito do programa Erasmus Multilateral Virtual Campuses.

Entidade portuguesa portuguesa: Universidade de Aveiro.

Data: 2009 - 2011
Promotor: Vytautas Magnus University
Projeto

E-ViEW – Building a European Virtual Environment for Worked Based Learning

Os parceiros E-ViEW procuraram desenvolver um Campus Virtual Europeu cujo objetivo é apoiar iniciativas de aprendizagem “work-based” e que será utilizado numa edição piloto internacional com foco particular em aprendizagens interculturais.  Este projeto iniciou-se com uma análise de necessidades seguida do desenvolvimento da estrutura do Campus Virtual utilizando código aberto e um módulo de aprendizagem baseado na análise de necessidades para treino de gestores em empresas europeias. O módulo, com ênfase no trabalho Europeu, será testado com 100 trabalhadores do Reino Unido, Polónia, Portugal e Irlanda envolvendo 4 empregadores. Deste projeto resultarão um módulo de aprendizagem e uma estrutura definida de um Campus Virtual para aprendizagem work-based. A implementação do módulo piloto online e um guia com a descrição de experiências na criação e administração deste curso são também produtos relevante do E-ViEW.

Projeto financiado pelo programa de Lifelong Learning da Comissão Europeia.

Entidade parceira de Portugal: Universidade do Porto.

Data: 2010 - 2012
Promotor: Universidade de East London