Projetos

Informação sobre projetos no âmbito do e-Learning, os quais são/foram promovidos por entidades portuguesas ou com parcerias portuguesas.

e-Solve – Ready to Use VET

O projeto E-SOLVE visa filtrar conhecimento de projetos inseridos no programa Leonardo da Vinci relacionados com e-learning, classificando-os de acordo com vários aspetos, selecionando boas práticas setoriais e disseminando-as entre as partes interessadas em formação e educação vocacional em toda a Europa. O foco incide em soluções que poderiam ser utilizadas na educação e formação de quadros de topo/de gestão.

A fim de ir de encontro às novas necessidades e comportamentos dos seus alunos/formandos adultos, as entidades de educação e formação profissional precisa familiarizar-se com os mais recentes conteúdos, serviços, pedagogias e práticas inovadoras baseadas em TIC para a aprendizagem ao longo da vida. Tal requer atividades de disseminação e valorização. Centenas de boas soluções foram financiadas com a contribuição financeira do Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida. Assim, os prestadores de serviços na área de formação e educação vocacional necessitam de uma orientação através desta grande seleção de projetos, de modo a mais facilmente poderem encontrar as melhores soluções para a sua atividade específica.

Os resultados finais deste projeto incluem as 50 melhores práticas internacionais em e-learning (“TOP 50 of Best Practices in E-Learning for Vocational Education and Training (VET)”), incluindo a dissertação do Mestrado em Pedagogia do Elearning (MPeL) da Universidade Aberta, integrada na investigação desenvolvida no LE@D-Laboratório de Educação a Distância e eLearning e realizada por Sandra Brás, com o título “A importância do E-Learning na transformação de estratégias organizacionais: O estudo de caso da The Réseaux IP Européens Network Coordination Centre”.

O consórcio do projeto E-SOLVE inclui diversas universidades e associações de e-learning oriundos  de quatro países europeus.

O projecto foi financiado através do apoio do Programa de Aprendizagem ao Longo da Vida da Comissão Europeia.

Data: 2013 - 2014
Promotor: Universidade de Pannonia - Hungria

OportUnidad

O objetivo geral do projeto é contribuir para reforçar e sustentar um espaço comum de ensino superior entre a União Europeia e a América Latina, através de uma abordagem de base, com o aumento do uso de práticas e recursos educacionais abertas (PEA e REA). A iniciativa também abre a possibilidade de fornecer gratuitamente recursos educacionais para a autoaprendizagem, em termos de aprendizagem informal e aprendizagem ao longo da vida.

Cofinanciado com o apoio da Comissão Europeia no âmbito do programa EuropeAid ALFA III.

Entidade parceira de Portugal: Universidade de Lisboa

Data: 2012 - 2014
Promotor: Università degli Studi Giuglielmo Marconi

Panorama e-Learning Portugal 360˚

O estudo pretende contribuir para apoiar a construção de um referencial de boas práticas (no sentido plural do termo) e a Carta da Qualidade para o e-learning, e melhorar os mecanismos de governação operados no âmbito dos sistemas de qualidade e de gestão do financiamento operados pela política pública. Cumpre-se este objetivo através da avaliação e valorização dos modelos e práticas de e-learning existentes e da proposta de estratégias e critérios para a arquitetura de um modelo de regulação desta modalidade no âmbito do sistema de educação e formação. Pretende-se, desse modo, contribuir, na criação de condições para que esta modalidade possa apoiar e participar no esforço de promover a Aprendizagem ao Longo da Vida.

Projeto financiado pelo programa POAT-FSE sob o lema Gerir, Conhecer e Intervir.

Entidades parceiras: TecMinho, Quaternaire Portugal.

Data: 2013 - 2014
Promotor: TecMinho

TACCLE2 – Guides to Integrating ICT and e-learning in your classroom

O projeto incide na área da criação de materiais de formação de professores para a utilização das novas tecnologias de informação e comunicação, em torno do desenvolvimento de estratégias de ensino e aprendizagem com tecnologias digitais nas diferentes áreas curriculares, em estreita articulação com estratégias de formação de professores. Tem como especial referência e destinatários os professores que ainda não têm experiência de uso dessas mesmas tecnologias ao serviço da aprendizagem. O projeto envolve oito parceiros (universidades e outras instituições) de sete países europeus.

Financiado com o apoio da Comissão Europeia ao âmbito do programa Comenius Projetos Multilateral – Aprendizagem ao Longo da Vida.

Entidade parceira de Portugal: Universidade de Lisboa – Instituto de Educação.

Data: 2011 - 2014
Promotor: GO! Onderwijs van de Vlaamse Gemeenschap

TRACER – O uso das tecnologias da comunicação no ensino superior público português

Em Portugal, o conhecimento acerca do modo como as Instituições de Ensino Superior (IES) públicas usam as Tecnologias da Comunicação (TC) é ainda escasso e pouco estruturado. Para além da natureza recente e da evolução constante das TC, a ausência de políticas institucionais claras quanto à sua implementação e uso, o reduzido número de casos documentados de uso das TC, e a natureza bottom-up/isolada de algumas tentativas de uso das TC tornam necessária uma visão sistemática, útil tanto às IES, quanto aos decisores nacionais nesta área.
Com o projeto TRACER pretende-se caracterizar a adoção e uso das TC nas IES do sistema público português;  desenvolver e distribuir online uma ferramenta de visualização da informação que permita às IES partilhar e atualizar o modo como usam as TC; identificar boas práticas que possam ser úteis aos decisores no plano político, administrativo e pedagógico.

Projeto financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia e pelo Programa Compete.

Data: 2011 - 2014
Promotor: Universidade de Aveiro - Departamentos de Educação e de Comunicação e Arte