Projeto

VMCOLAB – European Co-Laboratory for the Integration of Virtual Mobility in Higher Education, Innovation & Modernisation Strategies

O objetivo é contribuir para a inovação e internacionalização das Instituições de Ensino Superior Europeus através da exploração de todo o potencial das TIC e da Mobilidade Virtual e alargando o acesso às experiências internacionais de aprendizagem a todos os estudantes europeus.

Projeto financiado com o apoio da Comissão Europeia no âmbito do programa Erasmus Projetos Multilaterais.

Entidade parceira de Portugal: Universidade do Porto

Data: 2012 - 2014
Promotor: Scienter srl
Projeto

TACCLE2 – Guides to Integrating ICT and e-learning in your classroom

O projeto incide na área da criação de materiais de formação de professores para a utilização das novas tecnologias de informação e comunicação, em torno do desenvolvimento de estratégias de ensino e aprendizagem com tecnologias digitais nas diferentes áreas curriculares, em estreita articulação com estratégias de formação de professores. Tem como especial referência e destinatários os professores que ainda não têm experiência de uso dessas mesmas tecnologias ao serviço da aprendizagem. O projeto envolve oito parceiros (universidades e outras instituições) de sete países europeus.

Financiado com o apoio da Comissão Europeia ao âmbito do programa Comenius Projetos Multilateral – Aprendizagem ao Longo da Vida.

Entidade parceira de Portugal: Universidade de Lisboa – Instituto de Educação.

Data: 2011 - 2014
Promotor: GO! Onderwijs van de Vlaamse Gemeenschap
Projeto

SH.A.R.P – Platform for SHAring and Re-Presenting

O projeto “SH.A.R.P – A platform for SHAring and Re-Presenting” visa desenvolver uma plataforma online para promover a partilha de experiências representativas das memórias, das interculturas locais e da educação.

Projeto financiado pela Comissão Europeia ao abrigo do programa de Aprendizagem ao Longo da Vida.

Entidade parceira de Portugal: Almada Forma

Data: 2011 - 2013
Promotor: Università degli studi di Pavia
Projeto

EMOTE –EMbodied-perceptive Tutors for Empathy-based learning

A ideia dos tutores artificiais começa a ser cada vez mais popular como um complemento ao ensino tradicional. O sucesso de plataformas de e-learning, e de sites como a Khan Academy, está a demonstrar o forte potencial desta tecnologia num novo tipo de ensino, personalizado e distribuído. O projeto EMOTE pretende investigar o papel de robôs com características afetivas e empáticas no processo de facilitar a aprendizagem num contexto de e-learning. Os investigadores irão explorar como criar estímulos sócio emocionais entre alunos e um tutor artificial, de forma a criar relações sociais e afetivas e, desta forma, melhorar a experiência de aprendizagem.

Projeto financiado pela Comissão Europeia no âmbito do FP7-ICT.

Entidades parceiras de Portugal: INESC-ID ;  YDreams Robotics, SA

Data: 2012 - 2015
Promotor: Universidade de Birmingham
Repositório

e-Learning: Reflexões sobre cenários de aplicação

O e-Learning é uma temática que entrou definitivamente na agenda educativa e constitui uma alternativa válida e legalmente enquadrada nas modalidades especiais de educação escolar enunciadas na Lei de Bases do Sistema Educativo Português. Configuram-se vários cenários de e-Learning não só no âmbito da formação contínua e do ensino recorrente, mas também no contexto do ensino secundário através da modalidade Blended Learning. Por conseguinte, exige-se uma reflexão quer em torno dos conceitos de ensino a distância e de e-Learning, quer das metodologias de desenvolvimento e das modalidades de utilização. Esta comunicação apresenta as principais linhas dessa reflexão e as diferenças entre as especificações SCORM e IMS Learning Design no desenvolvimento de conteúdos de aprendizagem, ilustrando-as com a exploração de uma das plataformas de e-Learning que mais interesse tem despertado na actualidade: Moodle Course Management System.

Ano: 2007
Autor(es): Vítor Gonçalves
Repositório

Teorias e Práticas do B-Learning

No atual contexto de uma sociedade dominada pelas tecnologias são muitos os professores que acreditam nas mais-valias que poderão advir da sua exploração em prol da aprendizagem. O uso de sistemas de gestão da aprendizagem (como o moodle) – ou outras ferramentas web – espelha quase a totalidade do universo dos professores que, de modo geral, não relatam grandes dificuldades na sua utilização mas que, normalmente, restringe o seu aproveitamento à disponibilização de recursos digitais, à receção online de trabalhos dos alunos/formandos e, em alguns casos, ao uso dos fóruns e do e-mail para o esclarecimento de dúvidas. Quando os fóruns são utilizados para a discussão das matérias em estudo os professores/formadores sublinham a dificuldade em motivar os alunos e, para contrariar essa tendência, por vezes atribuem classificações às participações. As diretrizes educativas atuais apontam a meta a atingir mas não o percurso a seguir. Este cenário desencadeia a necessidade de avaliação sobre as melhores aproximações pedagógicas para obter uma exploração qualificada esta é a principal finalidade desta obra que é dirigida aos professores de todos os níveis de ensino, formadores, responsáveis de formação, consultores e-learning e todos os envolvidos nos processos de ensino-aprendizagem. A sua leitura abrirá caminhos para a exploração eficiente das atuais tecnologias web em prol da motivação e consequente diminuição do insucesso escolar. A abordagem teórica com a explicitação de casos práticos de planificação pedagógica da formação e cenários de aprendizagem digital poderá servir de inspiração, reutilização e adaptação a diferentes contextos. O percurso evolutivo na construção de conhecimentos no contexto do e-learning é ilustrado neste livro ao longo de um projeto de construção de um curso a distância.

Ano: 2011
Autor(es): Paula Peres, Pedro Pimenta
Editora: Edições Silabo
Repositório

Teoria e Prática de Educação a Distância

Assentando numa perspetiva epistemológica moderada, e partindo de uma análise da evolução histórica do EaD, desde há 3 décadas, o livro é composto por duas partes: uma teórica, onde se enfatiza um EaD baseado em comunidades investigativas de aprendizagem; e uma parte prática, onde se referem diversas técnicas, recursos e tipos de atividades suscetíveis de facilitar uma aprendizagem significativa a distância e com ênfase na avaliação de conhecimentos.

Ano: 2011
Autor(es): Jorge Valadares
Editora: Universidade Aberta
Repositório

e-learning e formação avançada : casos de sucesso no ensino superior da Europa e América Latina

As Instituições de Ensino Superior (IES) estão a ser forçadas a reagir às recentes transformações sociais, económicas, culturais e tecnológicas. Nomeadamente, debatem-se com questões relacionadas com a capacitação dos seus alunos para uma formação contínua ao longo da vida e para o apoio formativo especializado a um público novo, que tenta conciliar a sua vida profissional e social com a sua progressão e qualificação. O projecto FADO – Formação Avançada e Desenvolvimento Organizacional, aborda esta problemática, visando propor uma estratégia e um modelo de desenvolvimento para IES europeias e latino americanas que lhes permita proporcionar oportunidades de qualificação, através de formação contínua avançada, a toda a sociedade envolvente. A utilização do e-learning como suporte para esta formação, para além de permitir uma abordagem muito flexível, just-in-time, adequada às necessidades e restrições de cada indivíduo, permitirá que estes se integrem virtualmente na própria IES, criando comunidades de aprendizagem alargadas.

Ano: 2006
Autor(es): Carlos Vaz de Carvalho (org.)
Editora: Politema - IPP
Repositório

Educação Online – Pedagogia e aprendizagem em plataformas digitais

A presente publicação reúne um conjunto de contributos conceptuais e estudos empíricos relativos a aspetos diferenciados da educação online. Com esta obra pretende-se promover uma reflexão aprofundada, situada na realidade próxima, pela combinação de sinergias de investigadores e docentes de diferentes disciplinas e áreas de conhecimento, com experiência prática no trabalho mediado por plataformas digitais. Embora centrada em questões pedagógicas relacionadas com a aprendizagem em ambientes digitais, esta proposta de reflexão conjunta pretende alavancar o debate e participação interdisciplinar, pelo que a obra resulta multifacetada nas suas vertentes de análise e perspetivas dos autores, por ora, envolvidos.

Ano: 2012
Autor(es): Angélica Monteiro, J. António Moreira, Ana Cristina Almeida
Editora: De Facto Editores
Repositório

Blended Learning em Contexto Educativo – Perspetivas teóricas e práticas de investigação

Centrando-se, sobretudo, na análise de processos pedagógicos e de novos modelos de ensino, esta é uma obra que aborda as diferentes dimensões que devem ser consideradas quando se concebem, desenham, implementam e avaliam cursos, unidades curriculares ou disciplinas em blended learning. Esta complexidade é bem patente nos diferentes capítulos e nas duas partes que a compõem. Enquanto na primeira parte são apresentados referenciais teóricos acerca da temática em questão, na segunda parte apresentam-se três estudos realizados em Portugal que poderão constituir um importante instrumento de trabalho para aqueles que se encontram diretamente envolvidos na prática e na investigação neste domínio científico.

Ano: 2012
Autor(es): Angélica Monteiro, J. António Moreira, Ana Cristina Almeida, José Alberto Lencastre
Editora: De Facto Editores